15 Junho 2016

Muita gente se sente mal com o conhecimento que tem de língua portuguesa porque acha que não sabe falar a própria língua. Muita gente desiste de estudar porque sente que está muito longe de chegar “lá”. Acontece que o “lá” não existe. Com a quantidade de informações e conhecimentos disponíveis nos dias de hoje, é impossível aprender TUDO o que é passível de ser aprendido. Não dá pra esperar que todos saibam as mesmas coisas, que dominem os mesmos conceitos, que conheçam as mesmas teorias. Não dá mais pra valorizar só um tipo de conhecimento! Na área de língua e linguagens, o raciocínio é o mesmo. Se você é falante de português, já sabe, de maneira intuitiva, muitas “regras” que nem imagina. Por isso sempre frisamos que ensinamos português para proporcionar uma ampliação de conhecimentos, não para impor uma variedade linguística a uma pessoa que não é falante dela. Em qualquer setor da vida, temos convicção de que VOCÊ SABE MUITO MAIS DO QUE IMAGINA.
Livre-se das mentiras que te contaram.
Nossa relação com o conhecimento está se transformando.
Não faz mais parte do jogo decorar “regras”.
Não faz sentido aceitarmos que os temas que escolheram para estudarmos são de fato os temas imprescindíveis.
Não faz sentido essa competição diária para ver quem “sabe mais”.
Não faz sentido discriminar alguém que não tem os mesmos conhecimentos que nós, ou nos sentirmos inferiores quando somos nós os “ignorantes” diante de outras pessoas.
Não faz sentido essa fase de “consumismo intelectual”, em que a gente só aprende para provar que aprendeu.
Não faz sentido aceitarmos modelos de ensino que mal sabemos quem criou, ou por quê.
Estudar não pode mais ser uma fonte de rivalidade, nem de submissão, nem de sofrimento.
Aprenda a valorizar os conhecimentos que você já tem e a DECIDIR quais são aqueles que ainda quer ter. Não é preciso saber tudo sobre tudo.
Você JÁ sabe mais do que imagina.  🙂

Sigam-nos também nas outras redes:
www.instagram.com/portugueselegal
www.twitter.com/portelegal
www.youtube.com/portugueselegal

vc2

 

283x91@2x

Muita gente se sente mal com o conhecimento que tem de língua portuguesa porque acha que não sabe falar a própria língua. Muita gente desiste de estudar porque sente que está muito longe de chegar “lá”. Acontece que o “lá” não existe. Com a quantidade de informações e conhecimentos disponíveis nos dias de hoje, é impossível aprender TUDO o que é passível de ser aprendido. Não dá pra esperar que todos saibam as mesmas coisas, que dominem os mesmos conceitos, que conheçam as mesmas teorias. Não dá mais pra valorizar só um tipo de conhecimento! Na área de língua e linguagens, o raciocínio é o mesmo. Se você é falante de português, já sabe, de maneira intuitiva, muitas “regras” que nem imagina. Por isso sempre frisamos que ensinamos português para proporcionar uma ampliação de conhecimentos, não para impor uma variedade linguística a uma pessoa que não é falante dela. Em qualquer setor da vida, temos convicção de que VOCÊ SABE MUITO MAIS DO QUE IMAGINA.
Livre-se das mentiras que te contaram.
Nossa relação com o conhecimento está se transformando.
Não faz mais parte do jogo decorar “regras”.
Não faz sentido aceitarmos que os temas que escolheram para estudarmos são de fato os temas imprescindíveis.
Não faz sentido essa competição diária para ver quem “sabe mais”.
Não faz sentido discriminar alguém que não tem os mesmos conhecimentos que nós, ou nos sentirmos inferiores quando somos nós os “ignorantes” diante de outras pessoas.
Não faz sentido essa fase de “consumismo intelectual”, em que a gente só aprende para provar que aprendeu.
Não faz sentido aceitarmos modelos de ensino que mal sabemos quem criou, ou por quê.
Estudar não pode mais ser uma fonte de rivalidade, nem de submissão, nem de sofrimento.
Aprenda a valorizar os conhecimentos que você já tem e a DECIDIR quais são aqueles que ainda quer ter. Não é preciso saber tudo sobre tudo.
Você JÁ sabe mais do que imagina.  🙂

Sigam-nos também nas outras redes:
www.instagram.com/portugueselegal
www.twitter.com/portelegal
www.youtube.com/portugueselegal

vc2

 

283x91@2x

escrito por

Nossa missão é combater o preconceito linguístico e dar dicas sobre o padrão da língua, que todos têm o direito de conhecer.



Comentários


Deixe seu comentário: