25 Outubro 2017
Cada dia mais a avaliação dos conhecimentos está pendendo para o lado da REFLEXÃO e se afastando da simples memorização.
Isso é ótimo, uma vez que jamais seremos capazes de memorizar a crescente quantidade de informações que existe no mundo.
Como o ENEM segue essa tendência, não é de se estranhar que tenhamos encontrado em provas anteriores atividades que não exigem exatamente um conhecimento prévio, mas sim uma capacidade de análise de dados do mundo e de textos de naturezas variadas (como gráfico e tabela, por exemplo, que podem até ter elementos verbais, mas são sobretudo visuais).
No vídeo de hoje, contamos com a ajuda da Júlia, a Matemaníaca, para analisar duas questões de matemática do Enem (2015 e 2016) que podem ser resolvidas somente com interpretação de texto, sem fazer contas ou decorar algoritmos.
É claro que fazer contas ou usar algoritmos para resolver problemas também são habilidades importantes, mas não é menos importante saber que você pode respirar fundo e ir fazer a prova se sentindo SEGURO com a certeza de que sua capacidade de análise e reflexão também será valorizada.
Leia a prova com calma e atenção; grife as partes mais importantes de cada enunciado; verifique se há dados “sobrando”, que podem te confundir apesar de não serem essenciais para a resolução do exercício e não se assuste ao bater o olho em uma atividade cheia de gráficos ou tabelas pensando que não vai conseguir. Para saber mais, assista:

insta-ju
1508882466203
Cada dia mais a avaliação dos conhecimentos está pendendo para o lado da REFLEXÃO e se afastando da simples memorização.
Isso é ótimo, uma vez que jamais seremos capazes de memorizar a crescente quantidade de informações que existe no mundo.
Como o ENEM segue essa tendência, não é de se estranhar que tenhamos encontrado em provas anteriores atividades que não exigem exatamente um conhecimento prévio, mas sim uma capacidade de análise de dados do mundo e de textos de naturezas variadas (como gráfico e tabela, por exemplo, que podem até ter elementos verbais, mas são sobretudo visuais).
No vídeo de hoje, contamos com a ajuda da Júlia, a Matemaníaca, para analisar duas questões de matemática do Enem (2015 e 2016) que podem ser resolvidas somente com interpretação de texto, sem fazer contas ou decorar algoritmos.
É claro que fazer contas ou usar algoritmos para resolver problemas também são habilidades importantes, mas não é menos importante saber que você pode respirar fundo e ir fazer a prova se sentindo SEGURO com a certeza de que sua capacidade de análise e reflexão também será valorizada.
Leia a prova com calma e atenção; grife as partes mais importantes de cada enunciado; verifique se há dados “sobrando”, que podem te confundir apesar de não serem essenciais para a resolução do exercício e não se assuste ao bater o olho em uma atividade cheia de gráficos ou tabelas pensando que não vai conseguir. Para saber mais, assista:

insta-ju
1508882466203

escrito por

Nossa missão é combater o preconceito linguístico e dar dicas sobre o padrão da língua, que todos têm o direito de conhecer.