19 Maio 2019
O mais importante é amar, até porque a diferença entre ESSE e ESTE está caindo em desuso.
Mas claro que a gente explica para quem precisa conhecer o padrão atual da língua!
Sempre que vamos falar de algo que está muito próximo de nós, seja FISICAMENTE ou no TEMPO, recomenda-se usar o ESTE.
Para falar da semana atual, dizemos “esta” semana.
Para falar sobre uma foto que estamos segurando, dizendo “esta foto”.
Para nos referirmos ao nosso próprio texto, usamos “este” (“este trabalho tem o objetivo de…”).
Portanto, se você está dentro de uma página do instagram, refira-se a ela como “esta página”.
Aqui, o critério é este: distância.
(Estou dizendo isso porque, em outros contextos, há outros critérios. Melhor aprender um de cada vez!)
Macete: lembre de usar esTe para indicar algo que esteja perTo ou no presenTe.
O mais importante é amar, até porque a diferença entre ESSE e ESTE está caindo em desuso.
Mas claro que a gente explica para quem precisa conhecer o padrão atual da língua!
Sempre que vamos falar de algo que está muito próximo de nós, seja FISICAMENTE ou no TEMPO, recomenda-se usar o ESTE.
Para falar da semana atual, dizemos “esta” semana.
Para falar sobre uma foto que estamos segurando, dizendo “esta foto”.
Para nos referirmos ao nosso próprio texto, usamos “este” (“este trabalho tem o objetivo de…”).
Portanto, se você está dentro de uma página do instagram, refira-se a ela como “esta página”.
Aqui, o critério é este: distância.
(Estou dizendo isso porque, em outros contextos, há outros critérios. Melhor aprender um de cada vez!)
Macete: lembre de usar esTe para indicar algo que esteja perTo ou no presenTe.

escrito por

Nossa missão é combater o preconceito linguístico e dar dicas sobre o padrão da língua, que todos têm o direito de conhecer.



Comentários


Deixe seu comentário: